Rede dos Conselhos de Medicina
Nova gestão da SBOT firma seu compromisso com a valorização profissional Imprimir E-mail
Qui, 06 de Fevereiro de 2020 14:15

A Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia – SBOT – tem nova gestão. Com uma diretoria composta por 10 ortopedistas e capitaneada por Glaydson Gomes Godinho, de Minas Gerais, o principal foco de 2020 é a valorização profissional através de projetos que proporcionem melhores condições de trabalho e, consequentemente, um melhor atendimento à população. A SBOT tem mais de 17 mil especialistas associados e é responsável por representar todos os ortopedistas brasileiros.

Dentre os projetos para 2020, destaque para o trabalho com os residentes e os jovens ortopedistas (com até 5 anos de atuação), que a SBOT pretende realizar. “Uma das nossas maiores preocupações é o alto índice de jovens médicos frustrados e decepcionados com a falta de perspectivas que enfrentam ao iniciarem na profissão. Para esse público, temos um projeto de mentoria visando aprimorá-los e orientá-los no começo da carreira”, explica. Glaydson acrescenta ainda a criação da Comissão das Ligas Acadêmicas de Ortopedia. “Percebemos um crescimento no interesse do estudante de Medicina por Ortopedia e Traumatologia e queremos nos aproximar desse público mostrando, desde cedo, a importância da vida associativa. A SBOT já faz atividades com as Ligas de Ortopedia, mas pretendemos aprimorá-las”.

Outro ponto chave da gestão 2020, que já é foco estratégico da SBOT nos últimos anos, é a valorização profissional. Com forte atuação junto ao Ministério da Saúde, Governo Federal e fontes pagadoras, através da Comissão de Políticas Médicas, a SBOT busca melhorar as condições de trabalho dos ortopedistas em todo o Brasil. “Sabemos o desgaste que a instituição Medicina está sofrendo e temos que lutar para mudar este atual cenário. Como as outras diretorias, a Valorização Profissional será o nosso principal foco de atuação em 2020”, ressalta Glaydson.

O atendimento de qualidade à população é o também é foco da SBOT e, por isso, a Sociedade investe em campanhas de prevenção visando a redução do índice de patologias e de traumas que tem um alto custo social e financeiro para a sociedade brasileira. A SBOT também oferece um canal de “Localize seu Ortopedista” em seu site onde é possível encontrar um médico qualificado e detentor do título de especialista em Ortopedia e Traumatologia. Atividades que serão continuadas e aprimoradas em 2020.

No âmbito social, destaque para a criação da Comissão de Catástrofes que visa colocar a SBOT ao lado da população no trabalho de primeiros socorros in loco junto aos bombeiros e defesa civil. “Somos 17 mil associados espalhados pelo Brasil. Vamos atuar ao lado da população em momentos difíceis dedicando o nosso conhecimento. Isto nos dará a satisfação do ato humanitário”, finaliza o novo presidente.

Projetos SBOT para 2020

 

  • Defender com todas as forças, em todas as frentes, o profissional e o exercício digno de seu trabalho;
  • Apoiar o excelente trabalho desenvolvido pela Comissão de Políticas Médicas;
  • Atuar firmemente, junto ao Conselho Federal de Medicina e à Associação Médica Brasileira, em defesa do ortopedista;
  • Continuar o trabalho das novas comissões da SBOT e do Comitê de Dor, recém-criado;
  • Implementar a Câmara de Negociação para intermediação de conflitos. A “Câmara Técnica do CFM” também terá o apoio técnico da SBOT através da diretoria da Comissão de Defesa Profissional;
  • Cuidar dos residentes de Ortopedia e Traumatologia e dos jovens médicos através de um projeto de monitoramento elaborado junto à Comissão de Preceptores.

 

Conheça a Diretoria SBOT 2020

Glaydson Gomes Godinho (presidente)
Adalberto Visco (1º vice-presidente)
Jorge dos Santos Silva (2º vice-presidente)
Ivan Chakkour (secretário geral)
Haruki Matsunaga (1º secretário)
Jorge dos Santos Silva (2º secretário)
Carlos Henrique Fernandes (1º tesoureiro)
Antônio Sérgio Sousa Passos (2º tesoureiro)
Wagner Nogueira da Silva (diretor de comunicação e marketing)
Maria Isabel Pozzi Guerra (diretora de Regionais)
José Paulo Gabbi Filho (diretor de comitês)

Sobre Glaydson Gomes Godinho - Glaydson Gomes Godinho é graduado em Medicina pela Universidade Federal de Minas Gerais, tem especialização em Medicina do Esporte, Cirurgia e Artroscopia de Ombro pela Universidade de Lyon, pelo Southern California Orthopedic Institute, pela University of Pittsburg e pelo Alabama Sports Medicina & Orthopaedic.
Possui mestrado e doutorado pela UNIFESP/EPM e é membro ativo da SBOT há mais de 35 anos, tendo participado de diversas gestões sempre acompanhando e buscando melhores condições para a atuação do ortopedista e, consequentemente, o atendimento de qualidade à população.


Fonte: SBOT

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner